Olhar

Aprendi a ler o olhar

Da mulher que quer amar


Mas o amor você já sabe

O quanto é bom é o quanto arde

E a saudade é o efeito

Que quem ama leva ao peito

La ra ra ra ra

La rararara

Larararara rararara

La ra ra ra ra

La rararara

Larararararararara

                                     

Quando a zabumba bate dentro do meu peito

Sinto uma vontade

De você           

Chora sanfona vai levando de mansinho

Olhos nos olhos

Até o amanhecer

Quando a zabumba bate dentro do meu peito

Sinto uma vontade

De você

Chora sanfona vai levando de mansinho

Olhos nos olhos

Até o amanhecer

Anúncios

O vento sopra todo dia. Casais são parecidos: Joãos e Marias. O céu é tamanho GG. Os shoppings são as praças. Aqui só tem cão de raça. Postes de luz fazem barulho. A beleza é obrigação. Pedestres, quem? Loiras e coroas são maioria. Pássaros diversos sobrevoam a ciclovia. Os carros são membros da família. Cães são tratados como gente. Gente é tratada como cão. O mar é infinito (e também mais bonito).